terça-feira, 7 de abril de 2009

Eu Sou A Vida Social do Jack.

Ahh o amor, todos querem amar, ter alguém pra abraçar, fazer carinho toda aquela coisa perfeita incubida em nossas cabeças via obras de hollywood, é engraçado como você se sente quando você não tem um amor e todos que você conhece tem, é como se tivesse acontecendo uma festa e todo mundo foi chamado, exceto você e você tá lá, passando na frente da casa em meio a uma chuva, olhando pra aquela casa na torrente, enxugando seu rosto, balançando a cabeça e dizendo : "eu queria estar naquela festa..."

Mas quando está amando sabe como é, você tá dentro daquela festa dizendo :"ONDE TÁ A PORRA DA CHAVE DO CARRO? CADÊ A CHAVE? EU QUERO SAIR DAQUI...EU TOU NESSA MESMA FESTA A UNS 10 MESES E QUERO VER OUTRAS FESTAS, CADÊ A CHAVE?"


Alguns simplesmente ficam zanzando na festa, vão na festa do lado, na da outra rua e não decidem em qual querem ficar, nós realmente gostamos do que não podemos ter, se algo é entregue em uma bandeja, nós fomos condicionados a achar estranho se algo está lá, me lembro muito bem quando eu fui no meu primeiro rodízio de sorvete, não acreditava que todo aquele sorvete poderia ser consumido comigo se eu pagasse sete reais, não fazia sentido, se 2 litros de sorvete de boa qualidade é 8 reais porque um sorvete de qualidade duvidosa é praticamente doado?


Entende onde quero chegar?


Talvez, o bom é não ir pra festa nenhuma, mas vem o revés, você pode um dia encontrar aquela festa super gigante que tem todas as bandas que você quer ver, todos vão estar lá e bem, você não foi convidado...

OU

você pode começar a visitar várias festas para poder encontrar uma que tenha uma crew interessante, bons papos, bebida legal, música agradável, daí você pode ficar nessa festa, só mantenha a chave do carro no seu bolso porque assim você vai ter a autonomia de poder ir embora a a hora que quiser, ir de carona é um saco.




Vinícius D'Luca é estudante de jornalismo e consegue rir de sua própria condição.

2 comentários:

Priscila disse...

ai ai, o amor, por isso que eu fico em casa, ganho mais..

xXuxux disse...

O ser humano sempre é ambicioso, quer sempre o que não tem.
Eu me sinto feliz assim, rodeada de amigos. Porque sei que um dia isso vai acabar.
Quero aproveitar cada segundo, sem reclamar de tudo isso.